Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Inspiration Lab

Vazio

Falo para o vazio, na ânsia que a minha voz reverbere pelo nada e chegue até ti. Na dor provocada por esta intolerável distância, mantenho-me acordada para quem para o mundo adormeceu. Mas não para mim. Para mim, ainda estás aqui.
Pouco é o que te posso prometer. Tenho tentado viver. É coisa complicada, esta de já não ver o mundo pelos teus olhos. É coisa difícil, esta de ver solitários estes meus outrora partilhados sonhos.
Tenho vivido como único cada dia. Tenho tomado como minha esta fantasia de ainda aqui estares. Tenho procurado por vestígios de ti em todos os lugares.
Se me ouvires, deixa-me saber que olhas por mim. Deita-te ao meu lado, deixa-te ficar um bocado, traz-me a calma que de mim tanto foge. Assim.

Luísa

"No fundo, todos temos necessidade de dizer quem somos e o que é que estamos a fazer e a necessidade de deixar algo feito, porque esta vida não é eterna e deixar coisas feitas pode ser uma forma de eternidade." - José Saramago

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D