Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Inspiration Lab

Zapping: Keeping Up With The Kardashians

 Hoje escrevo acerca do reality show Keeping Up with the Kardashians.

Este programa é dirigido por Ryan Seacrest e acompanha as aventuras e desventuras da família Kardashian-Jenner, que dispensa qualquer tipo de apresentações. Este reality show conta também com vários spin-offs e 13 temporadas do programa principal, que estreou a 14 de outubro de 2007.

 Muito sinceramente não sei o que há de cativante neste programa televisivo. Os membros desta família, de maneira geral, não primam pela cultura ou inteligência e os cringy moments são mais do que muitos. Para além disso, se alguns dos momentos não forem previamente planeados, a minha fé na humanidade está oficialmente perdida. 

 Não é um programa televisivo que desenvolva a cultura geral, nem nada considerado interessante, mas dentro dos momentos terríveis, histéricos, embaraçosos e deprimentes há algo que cative gente suficiente para que continue no ar. Nunca segui os episódios e não me lembro da última vez que vi mais que 2 minutos do reality show, mas tive a minha fase de fascínio e curiosidade por aqueles seres humanos, que atingem níveis de superficialidade para além do que eu achava ser possível.

 Não tomem, como é óbvio, esta família como exemplo de vida, porque não o são (de todo). Na minha sincera opinião, não têm grande mérito pela fama que têm. São pessoas decadentes que vivem as suas vidinhas decadentes, com câmeras a segui-las por toda a parte. Basicamente, de uma escala de 1 a 10, em termos de qualidade televisiva este programa é um -3. Sem dúvida que uma limpeza de casa de banho ou mascar pastilha elástica são ações bem mais intelectualmente enriquecedoras do que assistir a este programa. Se, por alguma razão, são alheios à existência desta família, aviso já que não perdem muito, mas se tiverem curiosidade e quiserem assistir ao programa, fica já dito que não me responsabilizo por danos permanentes causados por doses inacreditavelmente exageradas de vergonha alheia.

 

Luísa

"No fundo, todos temos necessidade de dizer quem somos e o que é que estamos a fazer e a necessidade de deixar algo feito, porque esta vida não é eterna e deixar coisas feitas pode ser uma forma de eternidade." - José Saramago

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D