Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Inspiration Lab

ser ou não ser

Perdesse eu essa esperança que de lá do fundo me levanta, encantando-me com o seu ardiloso mentir. Deixasse eu de tanto sonhar, passando a cegamente confiar no que a razão tão firmemente me segreda, no que discerne o meu olhar. Tivesse eu facilidade em esquecer esta minha idade que a experiência consigo insiste em carregar. Tivesse eu esse talento de ser quem não sou e seria, de momento, alguém que muito mais já voou. Tivesse eu essa vontade de dizer adeus à liberdade que não me prende em lado algum. Fosse eu tão diferente, andasse eu tão contente com o que prende tanta outra gente ao seu respirar. Procurasse eu também contentamento no que a tantos dá alento. Esquecesse eu o tão forte sentimento que, sem prévio aviso, me invade, deixando-me a duvidar. Tivesse eu feito escolhas diferentes a meu respeito que nem hoje nem nunca abandonam o meu pensar. Fosse eu o que tantos outros são, tão diferentes, tão iguais, tão divergentes dos meus ideais. Fosse eu como essa gente que pratica o que tão efusivamente critica. Soubesse eu tanto como eles, que na sua ignorância acreditam saber o que ser feliz implica.
Tão fácil seria ser como tantos outros são! Esquecer o que me diz o meu incansável, sensível, tão pouco corrompível coração. Desistir dos meus sonhos que, de tão intensamente sonhados, parte de mim já são. Calar os meus olhos que não me deixam fugir do que sinto e me abandonam quando minto, quando me esqueço de quem nasci para ser. Calar o desejo de ver alguém que é tão simples de ser em mim crescer. Silenciar esta forte minha vontade de lutar pela verdade.
Mas será que quero ser como os que tanto querem fazer caber todo o globo na sua mão? Será que me quero assemelhar aos tantos que tanto desejam vencer sem sequer lutar? Será que me quero perder nesta infinita estrada onde tantos irão morrer? Será que me quero tornar em mais alguém cheio de nada? Não, obrigada.

Luísa

"No fundo, todos temos necessidade de dizer quem somos e o que é que estamos a fazer e a necessidade de deixar algo feito, porque esta vida não é eterna e deixar coisas feitas pode ser uma forma de eternidade." - José Saramago

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D