Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Inspiration Lab

Publicar

Visto que pré-escrevo os meus posts com muita frequência, é comum perguntarem-me porque não os publico com mais regularidade também. Tendo em conta que publicar posts diariamente é algo bastante comum pelos mundos da blogosfera, decidi justificar esta minha escolha.

É verdade que grande parte dos blogs bem sucedidos publicam posts todos os dias, por vezes até mais que uma vez por dia. É verdade que desejo que o meu blog cresça e chegue a mais pessoas. No entanto, acredito que não é empanturrando as pessoas de posts que crescerei mais rapidamente. Pelo contrário: até acho que pode fazer com que os poucos mas bons que seguem este blog se cansem de mim. Não nego que, em alguns formatos, a publicação diária faça sentido. Simplesmente penso que no género de blog que mantenho essa prática não faz sentido.

Inicialmente, quando abordava temas bem diferentes no meu blog, publicava de quatro em quatro, cinco em cinco dias porque não tinha tempo para escrever posts todos os dias e era uma forma de "fazer render o peixe". Contudo, hoje em dia, com mais de 6 meses de publicações escritas, agendadas e completamente prontas a ser publicadas, era perfeitamente viável que publicasse todos os dias.

Neste momento, a opção de publicar maioritariamente de dois em dois ou três em três dias é maioritariamente baseada no que considero ser melhor para quem lê o meu blog, pois considero que os temas que aqui abordo devem ser devidamente pensados, quero dar tempo ao leitor para refletir sobre as palavras que escrevi antes de publicar o post seguinte. Não quero ser, não sou, uma máquina de vomitar reflexões e textos inspiracionais. O meu objetivo é, sim, pensar convosco, partilhar convosco as minhas conclusões e divagações sobre tudo e sobre nada. 

Tal como eu não publico porque sim, por publicar, espero que o que escrevo não conduza a leitura só porque sim, só por ler. Quero inspirar, quero ajudar, quero compreender. E quero dar tempo e espaço para que isso aconteça, dar oportunidade a quem acompanha este espaço de o continuar a acompanhar. 

E assim me vou, deixando-vos hoje com um texto mais para o informativo relativamente ao que por aqui se tem passado, que de vez em quando também é preciso.

 

Luísa

"No fundo, todos temos necessidade de dizer quem somos e o que é que estamos a fazer e a necessidade de deixar algo feito, porque esta vida não é eterna e deixar coisas feitas pode ser uma forma de eternidade." - José Saramago

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D