Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Inspiration Lab

Pena

Sorrio quando olho para ti. Não como outrora sorri. Sorrio agora porque sei. Porque parei a tempo de não ser ludibriada. Porque duvidei antes que a cegueira me engolisse. Sorrio porque a ignorância não me cobre. Sorrio porque não me deixei enganar.
Sorrio porque sei que não serei eu o alvo da pena alheia quando os teus feitiços deixarem de surtir efeito. Sorrio porque hoje a indiferença brilha em mim. Porque quando olho para ti a única coisa que consigo sentir é pena. Pena da tua vida bloqueada num maquiavélico ciclo vicioso, que torna o teu percurso numa busca interminável pela próxima presa cujo coração possas destruir, cuja vida possas arruinar. Pena da forma como sugas o desespero alheio e o utilizas como modo de obter a tua felicidade. Pena de quem és. Pena de quem serás. Pena por quem poderias ter sido se não tivesses deixado a tua mente enganar-te. Pena por quem te convenceu que viver como vives iria fazer-te feliz. Pena das tuas distorcidas crenças que nunca a lado algum te irão levar. Pena do que representas, para ti e para os que te rodeiam.
Mesmo assim, espero que o futuro te sorria. Espero que as boas recordações te iluminem. E que esse deprimente passado te envergonhe, garantindo-te assim uma vida de real felicidade em vez dessa estranha irmã gémea bem falsa que com ela pareces confundir.

Luísa

"No fundo, todos temos necessidade de dizer quem somos e o que é que estamos a fazer e a necessidade de deixar algo feito, porque esta vida não é eterna e deixar coisas feitas pode ser uma forma de eternidade." - José Saramago

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D