Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Inspiration Lab

Musicalidade: Sobre ti.

Hoje em 'Musicalidade' inspirei-me na música 'Jealous' de Labrinth. Espero que gostem!

Nunca pensei que, mesmo passado tanto tempo, a minha mente ainda se perdesse em divagações que nunca quis ter. Ainda dou por mim a desviar pensamentos. Pensamentos sobre ti. O que estarás a fazer neste preciso momento? Será que também encaras o passado com saudade? Será que ainda pensas em mim?
A verdade é que não sei. E provavelmente nunca saberei. Mas espero que tenhas encontrado a felicidade que ainda procuro. Espero que mostres ao mundo esse teu maravilhoso sorriso que tanto me encanta. Espero que vivas as melhores experiências que podias ter. Que conheças as pessoas mais maravilhosas que existem neste mundo. Que sejas a pessoa mais feliz que este planeta já alguma vez conheceu. Porque tudo mereces.
O meu problema é sonhar demasiado. É levar a esperança a inigualáveis extremos, chegando a atingir o irrealismo. Porque imaginei um "até já" no teu adeus. Acreditei que quisesses ver o mundo mas que um dia voltarias. Para mim. Que voltarias porque em nenhum pedaço deste globo encontrarias felicidade como a que outrora tinhas vivido. Esperei. Mas já não espero. Desesperei. Ainda desespero.
Porque nada nesta vida tanto me custou como ver-te escapar-me entre os dedos, querendo implorar-te para que ficasses, mas desejando acima de tudo que fosses feliz. Porque não queria ser um obstáculo no teu caminho. E preferi, então, esconder as minhas lágrimas com o sorriso que me esforcei para fingir. Fingir uma indiferença que não sentia. Fingir uma coragem que nunca em mim existiu.
Gostava de saber como conseguiste prosseguir com tal rapidez. Também eu gostava de voltar a encontrar sentido nos dias pelos quais passo sem meus os tornar. Gostava de reencontrar a minha causa. E um dia encontrarei, ainda acredito.

Luísa

"No fundo, todos temos necessidade de dizer quem somos e o que é que estamos a fazer e a necessidade de deixar algo feito, porque esta vida não é eterna e deixar coisas feitas pode ser uma forma de eternidade." - José Saramago

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D