Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Inspiration Lab

Musicalidade: A cura que vive para te amar

Hoje em 'Musicalidade' inspirei-me no lindo tema 'One' do Ed Sheeran. Espero que gostem!

 

Dizem que tudo muda. Que tudo passa. Mas dificilmente poderia mais discordar. Porque há coisas infinitas. Há coisas que o tempo não leva. Há coisas que ficam porque assim tem que ser. Há coisas que ficam porque não permitimos que partam. Há pessoas que marcam.
Podes então por todas as terras deste mundo viajar, em busca de algo ou alguém que te faça querer ficar. Podes perder-te. Podes encontrar-te. Podes viver as mais loucas aventuras de toda a tua vida, mas é em mim que a segurança encontras.
Porque as almas rebeldes como tu mais cedo ou mais tarde sempre regressam a casa. Queres viajar. Queres conhecer o mundo e torná-lo teu. E não forçarei a minha presença nesta demanda que só queres realizar. Mas farei questão de ter a certeza que sabes. Que sabes que aqui estou e que não vou a lado nenhum. Que sabes que na tua ausência me perderei e me encontrarei muitas vezes, mas que a minha devoção não se alterará. Que sabes que, quando regressares dessas tuas aventuras, serei os ouvidos atentos que escutarão as peripécias que viveste. As memórias que recolheste. Sem mim. Que serei mestre da representação quando esconder a pena de não poder ter estado ao teu lado. De não fazer parte desta história como de muitas não faço.
Quero ouvir-te dizer que tudo e todos largaste para comigo vires ter, mas sei que não são essas as palavras que proferirás. Porque nunca farias isso. Porque, mesmo que o fizesses, nunca o admitirias.
Ainda tenho esperança nas minhas imortais esperanças. Esperanças de que vejas o que há eternidades vejo. Que sintas o que há tanto sinto. E que fiques comigo.
Porque todos os que conheço foram-se para procurar cura para as maleitas com as quais acreditam não conseguir viver. Mas eu não dei um único passo. Porque a minha cura anda por terras incertas, mas creio que um dia regressará. E acredito que verás tudo com mais clareza quando entenderes que a cura que procuras nunca abandonou o local do qual fugiste. Quando entenderes que a cura que procuras nasceu para te curar. Quando entenderes que a cura que procuras vive para te amar.

Luísa

"No fundo, todos temos necessidade de dizer quem somos e o que é que estamos a fazer e a necessidade de deixar algo feito, porque esta vida não é eterna e deixar coisas feitas pode ser uma forma de eternidade." - José Saramago

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D