Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Inspiration Lab

Mereço melhor.

Esta espera durante muito tempo consumiu-me. Não saber se vinhas. Se planeavas voltar. Ou se ias ficar nessas tuas terras de sonho das quais sempre estavas a falar. Ainda não sei se vens. Se planeias voltar. Ou se nesses longínquos lugares planeias ficar.
Mas algo sei. Sei que o compasso de espera terminou. Sei que durante este tempo foi com a minha mão que sequei as minhas lágrimas. Foi em mim que toda a minha confiança tive que depositar, quando tudo era escuro e incerto.
Espero que os tempos de sufoco pela tua ausência fiquem num passado tão distante que a ele não conseguirei regressar. Espero que não volte a depender de ti para ver o sol brilhar. Espero que a coragem me apoie, agora que de ti me tento afastar. Porque vida sem ti não é vida, mas também não o é por ti eternamente aguardar.
Por isso assim me vou. Para outras terras explorar. Deixar o passado no passado e lutar no presente para ver o que o futuro tem para me dar. Porque esta dolorosa espera ensinou-me que sou mais do que alguém que espera. Alguém que se conforma perante todo e qualquer cenário com que se depara. Alguém que se esquece do seu próprio rumo para aceitar um papel secundário na aventureira história de outro. Porque esta dolorosa espera ensinou-me que sou mais. Que sou melhor. Que mereço mais. Que mereço melhor.

Luísa

"No fundo, todos temos necessidade de dizer quem somos e o que é que estamos a fazer e a necessidade de deixar algo feito, porque esta vida não é eterna e deixar coisas feitas pode ser uma forma de eternidade." - José Saramago

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D