Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Inspiration Lab

Incógnita

Corpo hirto, cabelo esvoaçante, pele cor de mel pelo sol acariciada, expressão serena, olhar fixo na espuma pelas ondas cuspida. Tão jovem, mas tão velha, ela fita o mar como se olhasse para um velho amigo, mas com um toque de espanto no olhar que indica que nunca tal coisa antes vira. Há algo no seu olhar que revela uma experiência de vida que habitualmente apenas reside nos que já muitas primaveras contam, mas há uma certa jovialidade em tudo o que ela é. É um mistério, esta menina. Se há cinco minutos se deixou cair na fina areia ou se já há anos ali se encontra é difícil determinar. Porque encara o ambiente que a envolve com a surpresa de quem um novo mundo descobre, mas parece desde sempre ali pertencer.
É difícil descrever esta menina. Não é o seu cabelo de ouro nem as esmeraldas que olham o mundo com inigualável intensidade que lhe concedem a extraordinária beleza que possui. O que faz com que muitas cabeças se virem ao passarem pela menina é a paz que ela emana. Essa aura de pureza que a rodeia. É o brilho do seu rosto, que parece refletir os raios de sol que nele incide.
Se é a pessoa mais feliz ou a mais miserável deste planeta, não sei. Serão os seus ombros tão hirtos por estarem acostumados a carregar enormes fardos ou porque são poucos os pesos que alguma vez sobre si tiveram?
Vêem-na como uma lenda, ninguém sabe bem porquê. Talvez seja pela maneira como ela se parece fundir com os elementos que a rodeiam. Talvez seja por a atenção de todos atrair mas por ninguém se atrever a abordá-la. Talvez seja porque nunca ninguém explicações sobre ela tentou procurar. A verdade é que ela é uma incógnita. Um mistério que não necessita de ser desvendado. Porque há histórias que se embelezam quando envoltas no desconhecido. E há segredos que em segredo devem ser mantidos.

3 comentários

Comentar post

Luísa

"No fundo, todos temos necessidade de dizer quem somos e o que é que estamos a fazer e a necessidade de deixar algo feito, porque esta vida não é eterna e deixar coisas feitas pode ser uma forma de eternidade." - José Saramago

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D