Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Inspiration Lab

fragmentos

Sempre a invejei, desde que descobri que tinha a capacidade de sentimento tal nutrir. Invejo essa sua forma de existir. De não questionar para onde vai, nem de onde vem. De, onde quer que esteja, estar bem. Eu, com esta minha inquietude. Ela, com sua calma virtude. Eu, eternamente inconformada. Ela, com constante paz abençoada.
Às vezes pergunto-me se como ela também serei. Se sou fragmento de um todo tão grande que mal o consigo imaginar, que se divide em muitos outros todos, demasiados para que os possa contar. Se também eu regressarei ao local de onde fugi. Se voltarei a chamar casa ao sítio de onde parti. Se sou nada mais do que de um todo um fragmento, se estou só de passagem por este momento, se noutro gigante todo me tornarei.
Os meus pés deixam-se rodear por milimétricos resquícios daquilo que um dia imponente e grande foi. Sinto-os escorregar entre os meus dedos, dessa forma tão decidida, tão certeira. Vejo-os assentar nessa sua tão suave maneira. Firmes. Insistentes em por ali ficar. De mim tão diferentes, eu que tenho os pés na terra e o coração em alto mar.

Luísa

"No fundo, todos temos necessidade de dizer quem somos e o que é que estamos a fazer e a necessidade de deixar algo feito, porque esta vida não é eterna e deixar coisas feitas pode ser uma forma de eternidade." - José Saramago

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D