Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Inspiration Lab

Força interior.

Vinda das trevas. Vinda da noite. Vinda de onde todos juravam não poder escapar. Vinda da escuridão, ela espanta. Vinda da escuridão, ela brilha. Brilha tanto quanto o sol que finalmente consegue ver, esse sol que durante tanto tempo se escondeu atrás de pesadas nuvens, ameaçando nunca mais voltar a surgir. Finalmente tendo vencido a luta contra si mesma, ela prepara-se para ajudar os outros a travar as deles. Para lutar pelo que acredita. Para lutar pelo futuro que acredita merecer. Futuro esse que, em tempos, não quis ver acontecer.
Hoje, esse negro passado é ainda muito recente. Talvez ainda faça um pouco parte do presente. Mas ela tem esperança. Mais do que esperança, confiança em quem é e no que consegue fazer acontecer. E com todas as suas forças acredita que um dia será diferente. Que um dia o seu presente não incluirá qualquer indesejável parte do passado. Mas não quer que esse seu sofrimento seja esquecido, não. Porque isso seria deitar fora uma aprendizagem. Porque na sua queda, foi muito o que descobriu. Descobriu quem vale a pena e quem não. Descobriu a amar-se a si mesma primeiro, antes de distribuir o seu amor por quem não sabe retribuir. A sua queda mostrou-lhe o quanto deste mundo tinha ainda para descobrir. Aprendeu a amar a vida. A aproveitar o mais ínfimo momento com inigualável intensidade. Aprendeu a desfrutar da sua felicidade, não a tomando como garantida. Aprendeu a ser feliz de uma maneira que nem pensava ser possível.
O futuro é traiçoeiro, é verdade. Existem pelos caminhos da vida muitas armadilhas que a podem voltar a fazer cair. Muitos sapos disfarçados de príncipes que farão o seu melhor para a derrubar. E nada é garantido. Mas nada ela receia, porque descobriu que não há força mais intensa do que a que reside dentro de si. E essa força é invencível. Não a impede de cair, está certo. Mas ajuda-a a levantar-se e a nunca perder a esperança, mesmo quando a vida não lhe sorri.
Ela prossegue então com a sua vida, decidindo o seu futuro e marcando o seu caminho a cada passo que dá. Mais forte do que alguma vez foi mas não tão forte como um dia será, ela constrói a sua felicidade, um dia de cada vez.

2 comentários

Comentar post

Luísa

"No fundo, todos temos necessidade de dizer quem somos e o que é que estamos a fazer e a necessidade de deixar algo feito, porque esta vida não é eterna e deixar coisas feitas pode ser uma forma de eternidade." - José Saramago

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D