Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Inspiration Lab

Espalhando felicidade.

De angelical ou memorável a sua face tem pouco. As suas formas não são propriamente invejáveis. Ao seu nome não se associa uma vasta quantia. Mas não é isso que a impede de ser especial. Porque ela tudo domina, na sua simplicidade. Ela é simplesmente bela. Simplesmente inteligente. Simplesmente fantástica. Simplesmente simples. Simplesmente ela. Ela não necessita de ser dona de muito, pois o mais importante ela possui. Possui-se a si mesma. Pertence-se. Ela é dona de si mesma, e não ousa esse facto ostentar.
Todos os dias ela espanta com a sua simplicidade. Diariamente, ela ensina sucessivas lições a quem a rodeia. A quem às suas ações alguma atenção dedica. A quem está disposto a aprender, ela ensina que não é necessário ser-se grande para se ter grande relevância. Que não é necessário ter muito para muito se fazer.
Poucos são os que a compreendem verdadeiramente. Para aqueles que nunca necessitaram de alguém como ela, ela é apenas mais uma, descobrindo quem é e procurando quem ambiciona ser. Mas para quem nela vê a luz que ilumina o seu caminho, ela é única. Para quem necessita da sua inigualável força para ser erguido do chão, ela é especial.
A sua riqueza é tirar os pobres de espírito da miséria. A sua fortuna é transformar os que menos têm em felizes afortunados. Ela vive para os outros, mas não se esquece de si. Tem sonhos para si e para os que a rodeiam. Ela acredita que pode mudar o mundo. Para ela, não há impossíveis. Ela acredita que, se acreditar o bastante e trabalhar arduamente, tudo o que mais deseja irá conseguir. Para alguns, ela é ingénua por acreditar que tudo lhe é possível. Mas ela não desanima, não se deixa influenciar por opiniões alheias. Talvez ela não consiga conhecer todos os caminhos que deseja explorar. Talvez ela não consiga todos os lugares deste mundo alcançar. Talvez suceda, talvez falhe. Mas o falhanço não a assusta, porque mesmo se não encontrar todos os lugares que procura, o processo de encontrá-los pode ser o mais fascinante da sua vida.
Ela não é das que vivem de aparências. Ela não vive para o aplauso das pessoas. Ela não vive para a fama, para as capas dos jornais. Ela vive para os momentos. Para as memórias. Ela não deseja prémios nem reconhecimentos. Deseja apenas que, quando tudo o que de si restar forem as memórias, que elas encham o coração de quem dela saudades tem. Deseja ser recordada como alguém que viveu para os outros. Deseja ser recordada como alguém que foi feliz espalhando à sua volta felicidade.

Luísa

"No fundo, todos temos necessidade de dizer quem somos e o que é que estamos a fazer e a necessidade de deixar algo feito, porque esta vida não é eterna e deixar coisas feitas pode ser uma forma de eternidade." - José Saramago

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D