Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Inspiration Lab

Ajuda-me a esquecer-te como me esqueceste

Hoje, mais do que em qualquer outro dia, preciso de ti. Mas não preciso de ti como precisei. Preciso de ti para me ajudares a esquecer que alguma vez precisei.
Preciso que me ensines essa arte em que te tornaste mestre. Essa fascinante arte que pareces dominar. Invejo-te, porque a pareces ter aprendido de uma forma incrivelmente natural. Tudo o que mais queria era ter metade da tua capacidade para entender este ofício que fazes parecer tão simples dominar, mas que me parece impossível de compreender.
Porque para além de o teres feito tão bem, fizeste-o depressa. Pensei que pudéssemos aprender isto juntos, mas ainda estava eu a planear o início da minha aprendizagem, já tu vitorioso estavas, de canudo na mão.
Sei que nada me deves. Sei que nada te mereço. Sei que há muito não falamos. Sabes que não é meu hábito importunar quem meu já não é. Mas depois de tantas tentativas, duvido que vá conseguir alguma vez esquecer. E quanto mais penso, quanto mais tempo passa, mais valorizo quem essa notável proeza consegue realizar. Como é que alguém deita para trás das costas com tanta rapidez tantas palavras proferidas, promessas feitas, momentos vividos e prossegue como se nada se passasse?
Por favor, revela-me. Revela-me qual a fórmula mágica para não pensar em ti a cada passo. A cada bater do coração. Revela-me como fazes para não acordares com a imagem de quem não queres gravada em ti. Porque não suporto mentiras. Não gosto de mentir aos outros. Não gosto de mentir a mim mesma. E como posso acreditar em mim própria quando continuo a repetir que movi em frente, quando é para ti que o meu pensamento imediatamente viaja quando lhe é concedida alguma liberdade?
Por favor, ensina-me. Ensina-me a esquecer-te com a rapidez com que me esqueceste. Prometo que será a última coisa que te peço.

Luísa

"No fundo, todos temos necessidade de dizer quem somos e o que é que estamos a fazer e a necessidade de deixar algo feito, porque esta vida não é eterna e deixar coisas feitas pode ser uma forma de eternidade." - José Saramago

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D